AVANCOS E RETROCESSOS

PARA O RECONHECIMENTO DOS DIREITOS DAS PESSOAS LGBTI NAS AMÉRICAS

As Pessoas com orientação sexual, identidades e expressões de gênero diversas ou não normativas, ou cujos corpos variam do padrão feminino e masculino, vivem em contextos de violência física, psicológica e sexual. Nos países do continente americano, a violência, a discriminação, os preconceitos e os estereótipos impedem que as pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexuais (LGBTI) exerçam plenamente seus direitos. Contudo, importantes avanços foram alcancados nos últimos anos com vistas à proteção, o reconhecimento e a garantia dos direitos das pessoas LGBTI em vários países da região.

Este Relatório analisa os avanços frente ao reconhecimento dos pessoas LGBTI, bem como os desafios para alcançar o respeito e a garantia de seus direitos humanos nas Américas.

 

Daniel Cima/CIDH

Valda Nogueira / CIDH

Fran Alfonso/CIDH

Esteban Cervantes Jiménez

DESAFIOS

 
 

AUDIÊNCIAS E VÍDEOS CIDH

 

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

 
  • Facebook CIDH
  • Twitter CIDH
  • YouTube - CIDH
  • Flickr - CIDH
  • LinkedIn - CIDH

2019 CIDH. Reconocimiento de los derechos de las personas LGBTI en América se distribuye bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 4.0 Internacional.

 

Basada en el informe de la CIDH disponible aquí

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now